Posts tagged “multiverse

Esperança(s)

42-46205410

!

Será que as palavras são tristes por as linhas não terem voz?

Acontecem coisas que nos escapam!
Todavia, momentos multiplicam-se. E em cada um renova-se a vibração da criação.

Há tempo para tudo, tanto para a solidão como para a comunhão.

Prefiro a plenitude do silêncio. Confesso. Não por destino, mas por condição.

Eu? Escrevo as linhas que ultrapassam as fronteiras.
Para além do horizonte, está o multiverso!

 

Are the words sad because lines have no voice?

Things that illude us happen!
Yet, moments multiply. And in each one the vibration of creation is renewed.

There’s time for everything, both for solitude as for communion.

I prefer the fullness of silence. I confess. Not by destiny, but by condition.

I? I write the lines that cross borders.
Beyond the horizon is the multiverse!

 

in DEUSES, HOMENS E O UNIVERSO

 

VFS, 5 de junho de 2002

Anúncios

Boa Páscoa / Happy Easter

DSC_1667, originally uploaded by vfsphotos.

que esta Páscoa concretize a passagem para uma atitude melhor.

e que as palavras sejam o primeiro passo para essa redenção viva, aquela que ilumina o espírito humano e que significa a renovação dos elos que nos unem em comunidade
e que nos fazem florescer no MultiVerso!

===

may this Easter materializes the passage to a better attitude.

and may the words be the first step to that living redemption, the one that illuminates the human spirit and meaning the renewal of the ties that bind us together as a community,
thus allowing us flourish in the multiverse!


Meditação sobre a Morte / Meditation on Death (IV)


Storm, originally uploaded by risquillo.

.

Quando uma vida acaba, a dor é inevitável.
No entanto,
as lágrimas são o orvalho do futuro e a lembrança é o sal da vida.

Embora um pouco mais sozinhos, continuaremos.
É assim que homenageamos os mortos e nos unimos mais aos vivos.

Não há morte. Apenas memórias!

O amor manterá o calor da presença,
dentro e entre nós.

When a life ends, grief is inevitable.
Yet,
tears are the dew of the future and remembrance is the salt of life.

Although a little more alone, we will continue.
This is how we honor the dead and unite ourselves more with the living.

There is no death. Only memories!

Love will maintain the warmth of their presence
within and amongst us.

.