Posts tagged “geografia

Parque Samburu, Quénia

Samburu, Quénia 2001, originally uploaded by vfswa.

 

Num misto dourado, púrpura e lilás,
as estepes são!
E as savanas,
nuas e cruas,
são os portões da natureza.
Onde o alcance permitido,
vastíssimo,
preenche o universo dum coração desprevenido
pela súbita comunhão com a própria vida,
no regresso ao berço da existência.

Num misto dourado, púrpura e lilás,
as cores e os odores
inflamam a paixão do querer
e a vontade de ser uno,
na origem do tempo e da criação.

Num misto dourado, púrpura e lilás,
despercebidos,
os horizontes entrelaçam-se.

E neles somos submergidos,
num misto dourado, púrpura e lilás.

 

in Geografia e outras Circunstâncias

 

Anúncios

Angkor


Sunrise at Angkor Wat, originally uploaded by kees straver.

 

O esplendor de milénios de civilização,
no correr do tempo,
esvaneceu.
E a natureza reclamou o que era seu!

No silêncio, o espírito descansou.
Os deuses e a essência em si reuniu
e na imensidão,
um novo coração fundiu.

Ressurgido da pureza,
com um renovado fulgor voltou.
E de novo,
a beleza
brilhou!

 

in Geografia e Outras Circunstâncias


Wadi Rum


Wadi Rum Landscape, originally uploaded by bgladman.

 

Onde profetas falaram!
Onde fortalezas cresceram!
Onde viajantes se refugiaram!
Onde heróis se fizeram!

Em, Wadi Rum,
o tempo permanece uno.

E a Voz, ainda, ecoa.

 

in Geografia e Outras Circunstâncias


Ciclos

Há alturas
em que me sinto
perfeitamente
rendido,
inteiramente
submetido,
à sorte do sabor provocado
pelo constante ondular
das folhas soltas das árvores.

Que se encontram vivas,
livres,
nos ventos do presente Outono, a flutuar.

Folhas,
que se descobrem renascidas,
exultadas,
e outra vez desprendidas,
na Primavera
de futuras brisas.

in Geografia e Outras Circunstâncias

 

Spring leaves, originally uploaded by Stas Porter.

Entrega

Ao sabor do vento deixo-me ir.

Sem destino.
Sem saber.

Ao sabor!

Para o aroma do mundo descobrir.

in Geografia e outras Circunstâncias


Brasília


Brasilia domingo a tarde, originally uploaded by Dircinha.

Brasília,
é um lago de vida
no centro da terra.

É fonte e origem
na visão do futuro.

É um sonho concreto,
jovem e puro.

É uma mensagem do ser,
na criação em beleza.

É a união do homem
à plenitude da natureza.

in Geografia e outras Circunstâncias


Brasilia Cathedral 15, originally uploaded by weyerdk.

Maldivas

Olhuvelli wsea 2007, originally uploaded by vfswa.

Turquesa!
Azul!
Verde!
Branco!

Na paleta viva,
até o calor é submisso:
Um ameno alaranjado

Submerges no paraíso das cores.
E na transição,
os corais aguardam.

O éden é água e terra!

Na fronteira das horas,
no ponto iluminado,
o guardião aparece.

Deslizando majestosamente,
uma raia acena.

Respondemos respeitosamente.
Já inteiramente rendidos
às saudades que não compreendíamos
mas que ainda hoje transportamos
e recordamos.

O reino do azul é esplendor presente em nós,
águas da memória purificada.

in Geografia e outras Circunstâncias


Olhuvelli west beach 2007, originally uploaded by vfswa.

Em Creta

Creta 04, originally uploaded by vfswa.

Em Creta,
são dois os horizontes:
O azul denso do mar
e o azul claro do ar.

A luz manifesta os seus odores:
Do amarelo ao amanhecer
até ao laranja do entardecer.

Em Creta,
na noite escura como o bréu,
apenas um manto de estrelas
distingue a terra do céu.

in Geografia e outras Circunstâncias


Prece à Lua

Ó Princesa dos Astros!
Ó Senhora das marés!

Nos teus domínios me aventurei
em teu manto prateado me banhei.
Enquanto caminhei, a tua face nova vi.
E, quando naveguei, a tua face cheia vi.

Agora que a casa regresso,
isto é o que te peço:
Que a tua luz seja crescente,
a tua sombra minguante.

Faz deste pedido um dos teus desígnios.

in Geografia e outras Circunstâncias


Molhe

Foz 4-14, originally uploaded by Paulo Loureiro.

Ó promontório artificial,
permaneces imóvel
no incessante vaivém das ondas
que te afagam
                             as pedras
                                                há muito colocadas.

Os elementos
fustigam-te sem cessar:

Águas
                de dois sabores,
ventos
                dos quatro cantos
e até o Sol
                     é erosão.

Impávido,
deixas-te estar.
Nunca suspendes a protecção!

A vida não te larga.
E, por tua causa,
                                 os sentimentos são contínuos.

Mas até quando serás certeza?

in Geografia e outras Circunstâncias


Junho

Return to Stonehenge, originally uploaded by * Garron Nicholls *.

Junho é de origem!

Ao norte,
as datas do solstício
fazem de câncer o regente.

O Zodíaco confirma.
Mas,
em Stonehenge,
os druidas desapareceram.

Junho permanece.
Passagem!

in Geografia e Outras Circunstâncias


Hélice Azul

Propeller, Ierapetra, originally uploaded by vfswa.

Em Ierapetra, Creta,
um veio de propulsão
e força,
jaz agora no chão.

Seca e desprovida
prossegue ainda,
e ainda bela,
no desterro da vida
de um exílio imerecido.

Retirada,
por um qualquer motivo
sem razão aparente em azul pintada,
decora a entrada da esquadra,
uma hélice,
                          amortecida.

Comovida,
pela minha entrega a tanta beleza,
permite-me um breve olhar
                                                          ao horizonte profundo
das rotas percorridas no mar dos Deuses,
                                                                               seu mundo.
 
Uma hélice azul,
jaz,
         amputada,
                                 no chão.

Moribunda!
                          Sem vida?

in Geografia e Outras Circunstâncias