Posts tagged “evoluir

Night wishes / Desejos nocturnos


Night @ SeaSide, originally uploaded by ristozz.

 

night wishes that torment me
do not make hopeful days.

wishes! nevertheless.
wishes for recognition,
… for freedom and daring voice.

as in me sound is constant,
cradle of clouds, needed thunder
for the claim of my human condition.

but, coming from time, the horizon question
when thou shalt be whole?
when thou shalt be uno?

if you want to know the difference
dark days are mandatory.
no switch can be touched
only a journey must be fullfilled

and I finally realize:
I am my fate’s creator.
only I can be change.

==========

desejos nocturnos que me atormentam
não fazem dias esperançosos.

desejos, no entanto!
desejos de reconhecimento,
… de liberdade e voz audaz

porque me mim o som é constante,
berço das nuvens, trovão necessário,
para a afirmação da condição humana.

vinda do tempo,
a voz do horizonte pergunta:
quando serás inteiro?
quando serás uno?

se queres conhecer a diferença
dias escuros são obrigatórios.
nenhum atalho pode haver.
apenas a viagem deve ser preenchida!

e finalmente compreendo:
crio o meu destino
só eu posso ser mudança.

 

in Substance(S)


Existencialismos ?

Penso que penso que não penso.

Penso no grito. Meu! Mudo!

Penso que não existo só quando penso
porque existo quando não penso.
Penso que não importo
porque não importa o que penso.
Penso no sonho
porque sonho o que penso.
Penso que sou o que não sou
porque o que sou não penso.
Penso que conheço
porque desconheço o que penso.
Penso no que não digo
porque digo o que penso.
Penso no mundo
porque o mundo não é o que penso.

Penso que não penso o que penso.

Penso no que continua mudo.
A vida! O futuro!

Penso no que não ouso.

Viver?
Sobreviver!
Eis o que penso!

in Pensamentos e Reflexões Poéticas


Redenção

Quem me dera ter
a possibilidade
de percorrer
uma nova oportunidade.

Tentaria
os meus erros não repetir.
Não
para atingir
uma vivência de perfeição,
mas com a intenção
de os assumir.

Quem me dera
proferir
uma afirmação
e ter
a coragem
de os reconhecer.
Uma mensagem
elaborar,
na minha vicissitude
me encontrar,
e pela sua plenitude
me revestir.

Quem me dera
passar de ente incompleto
a um ser
mais completo.
Não
para me tornar mais,
mas para ser
um entre iguais.

Quem me dera
por essa redenção,
uma maneira de expiação
atingir.

O espírito sossegar,
a alma aliviar.

O meu todo reunir
e, assim, evoluir.

in Letras, Palavras e Linhas: Gestos pela diferença