…Vazio em repouso

Retirado da net

.

.

Não basta o vazio em repouso.

Apesar de ser condição para a perenidade do véu da insignificância,
eternamente acompanhado pela luz em presença.

Não basta o vazio em repouso.
Toda a substância requer preenchimento.
O vazio é onde o todo se expande.

Somos apenas para ser o que somos.
Origem. Entrega. Fecundação. Futuro!

Há luz para criar.
E memorias devem ser geradas para que o passado tenha sustento.

O vale dos lençóis chama.
Ouves?

Onde estão as curvas dos teus limites?
Quero reclamar o teu corpo.

.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s