Sem raízes não haverá sonhos

Outono

Sem raízes não haverá sonhos.

Eis porque as árvores choram folhas.
É o sorriso da memória que manifesta o vindouro,
agradecendo o momento de descanso.

Toda a existência exige renovação.
E os ramos também desejam ser no carrossel do universo.

Sem raízes não haverá sonhos.
Mas só depois de purificadas,
as árvores choram as folhas.

Para que a alvorada volte a florir.

E o crepúsculo dos veios afirmem o laranja.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s