outro momento


the time machine., originally uploaded by shaman..

 

e se te disser que a terra é curva?
que o planeta é plano?

rasgarás os dias?
desfolharás o calendário?

só os números se sucedem sucedâneos,
entregues a uma contagem condicionada,
onde,
solto da gravidade,
se sente o fio da existência.

havendo medidas,
terá sempre que se desfraldar um recomeço.

nas espirais do tempo rege a ilusão das metas, mas nada deixa de fluir.

um passo termina,
outro momento acontece.

e festeja-se!

16 responses

  1. EME

    Que o teu calendário tenha a numeração da vida que se escreve em “Composição de Futuros”.
    Um enorme abraço do presente!

    Junho 14, 2011 às 00:17

  2. Parabéns, Vicente

    Que belas palavras para marcar o seu aniversário.

    Junho 14, 2011 às 00:22

  3. Belíssimo, Vicente!

    Fazendo “jus” à sua retórica poética, senti o fio da existência nas espirais do tempo, onde nada deixa de fluir.

    Festejemos enfim cada recomeço!

    Beijos, poeta!

    Mirze

    Junho 14, 2011 às 00:38

  4. Pitágoras estaria orgulhoso, se pudesse ler seu poema.

    Abraço

    Junho 14, 2011 às 03:24

  5. Graça Pires

    Há festa nos olhos de quem nasce quantas vezes é preciso…
    Um belo poema!
    Parabéns.
    Beijos.

    Junho 14, 2011 às 10:10

  6. Ramiro Moreira

    Parabéns Vicente!
    Um abraço.

    Junho 14, 2011 às 14:15

  7. Poema belíssimo!

    Parabéns.

    Beijos.

    Junho 14, 2011 às 14:24

  8. Belo poema. Parabéns! Claro que vou postar em algum dos meus blogs. Abraços.

    Junho 14, 2011 às 16:01

  9. Maria Antónia Anacleto

    Vicente como gostei de ler este poema. Partilhei. É como estar a festejar o teu aniversário contigo. Estou muito unida a ti. Um bejinho de parabéns pelo poema e pelo teu aniversário.

    Junho 14, 2011 às 17:03

  10. Maria José Fabião

    Parabéns, Vicente.

    Este lindíssimo poema, deu ainda mais luz ao seu aniversário.

    Bj.

    Junho 14, 2011 às 20:15

  11. oceanus

    Aqui onde se renasce a cada segundo,
    em brisas frescas de poesia …
    … nas espirais onde não existe Tempo,
    venho deixar esta mesma magia
    de ser Eterno em cada Momento…

    Feliz Retorno … Vicente!

    …Oceanus profundus

    Junho 14, 2011 às 20:23

  12. Liseta Quirino

    Amigo …tenho muito que ler🙂. Bem hajas…adorei. Gosto do que escreves. Um abraço

    Junho 14, 2011 às 23:44

  13. Maria Madalena Schuck

    Belíssimo!
    Parabéns, querido amigo!
    Beijos.

    Junho 16, 2011 às 20:54

  14. Thomaz

    Embora atrasados, os meus parabéns!

    Junho 19, 2011 às 22:51

  15. Paulo Branco

    Embora atrasados, aceite os meus sincero meus parabéns!

    O meu desejo é continuar a ler os seus escritos.

    Abraço

    Junho 19, 2011 às 22:53

  16. quem é poeta…é poeta. Belo!

    Dezembro 4, 2014 às 22:05

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s