Dia do Pai / Father’s Day


Father& Son, originally uploaded by Christolakis.

 

Não sei
porque me é difícil
mostrar
o quanto és
para mim,
no meu coração.

Não sei
porque é tão difícil
construir,
as pontes que permitam
reforçar,
a nossa união.

Pensei
que as divergências
fossem
simples de ultrapassar,
apenas,
próprias
do conflito da geração.

Só sei
que
sem ti nada seria,
contigo,
tudo sou.

I don’t know
why it’s so hard,
show
how much you’re
in my heart.

I don’t know
why is so difficult,
build,
bridges that allow
the strengthening
of our union.

I thought
that the divergences
were
simple to overcome,
mainly,
due
to the conflit of generations.

I just know
that
without you I’m nothing.
With you,
I’m everything.

 

8 responses

  1. Muito bom.

    Março 19, 2011 às 20:20

  2. Maria José Fabião

    Querido amigo.Uma vez mais os meus parabéns por este poema tão lindo.Só mesmo de si.Bj.

    Março 19, 2011 às 20:36

  3. LINDO!

    Vicente, quando penso que nos dias atuais, tão poucos valorizam os pais,e você derrama um amor tão puro e verdadeiro em homenagem à seu pai.

    Raridade para as próximas gerações.

    Reflexão para os jovens de hoje!

    Parabéns, meu poeta!

    Seu pai merece!

    Beijos

    Mirze

    Março 19, 2011 às 20:49

  4. joão Guilherme Barbedo Marques

    Querido Vicente

    Muito bem. Não são as palavras; não é a leitura fácil e harmoniosa. Isto, evidentemente, é bom, muito bom. Mas muito melhor ainda é aquilo que essas palavras fazem nascer no coração.
    Eu conheço bem o teu Pai. Talvez nem te diga uma palavra sobre esta poesia, mas, de certeza, ficou extremamente feliz ao lê-la.
    Foi pensando nos teus Pais que me senti feliz por esta poesia.
    Um abraço apertado

    Março 19, 2011 às 20:51

  5. Maria Antónia Moreira Anacleto Pereira Leite

    Lindo, Vicente. Queria hoje o meu pai aqui. Tenho tantas saudades. Sinto tanto a sua falta.Sem ele eu nada seria….

    Março 19, 2011 às 21:43

  6. EME

    Vicente:
    A melhor forma de honrar um pai é dar continuidade à sua herança através dos filhos que criamos, dando-hes valores fundamentais para serem pessoas de bem.
    Tenho a certeza que honras de forma única a herança que recebeste!
    E, porque és pai, serás também honrado!
    Um abraço amigo poeta!

    Março 19, 2011 às 22:11

  7. Sublime e comovente homenagem ao dia do Pai.
    Quanto amor em sentidas palavras, poeta Vicente.
    Cada palavra escrita, liberta amor e respeito neste soberbo poema.
    Abraço amigo.
    Tg

    Março 20, 2011 às 00:16

  8. Graça Pires

    Gostei da homenagem ao pai.
    Um beijo.

    Março 20, 2011 às 15:44

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s