Permanência

Pathways, originally uploaded by LilyShewan.

 

“Nada é permanente, salvo a mudança”
Heráclito de Éfeso

Existir é coexistir!

Nada está isolado.
O todo não é só o todo.
É também o vazio,
inteiramente unido e interligado.

Kinesis é a vitalidade
nas manifestações
entre o inverso e o reverso
das conexões reais.

A substância é diversidade.
Tudo é dúctil,
Tudo é movimento
e mudança.

Tudo tem o seu próprio tempo.

in Metafísica [Poética]

12 responses

  1. Olha aqui !!
    O bom e velho Heráclito também te moveu !!
    Estou explorando o teu blog com calma e critério, Vicente. E estou gostando muito !!!
    Chico

    Outubro 31, 2008 às 16:14

  2. Caro Vicente,

    quanta arte e transcendência em suas linhas!?

    Estou real-mente encantada com a sua poética, bebendo a de-vagar para não perder o sabor, nem o teor do vinho, diga-se em puro linho!

    O blog In-finito também é fantástico, adoro “cartas” e confesso que me vi em algumas das suas linhas.

    Parabéns poeta-filósofo!

    Saudações poéticas,

    Hercília Fernandes.

    Novembro 3, 2008 às 01:03

  3. Pingback: Permanência : filosofia

  4. Julia Ribeiro

    Sem computador por largo tempo, venho hoje fazer uma visita. Devagar , com calma para mais intenso prazer.
    Aproveito para lhe desejar um 2009 cheio de êxitos, saúde e beleza para nos dar.

    Júlia Ribº

    Janeiro 4, 2009 às 20:00

  5. “Tudo tem o seu próprio tempo”

    E como é verdade!

    Janeiro 4, 2009 às 21:44

  6. «Tudo tem o seu próprio tempo»
    É verdade.
    Mas teremos de estar atentos para vermos os sinais que anunciam esse tempo
    seja ele qual for

    Janeiro 4, 2009 às 22:10

  7. Este poema é um louvor à evolução cósmica.

    Cada vez gosto mais do seu “multiVerso”.

    Fevereiro 3, 2009 às 18:39

  8. Os poemas deste seu livro, Metafísica [Poética] são fantásticos.

    “Existir é coexistir!”

    Este verso expressa tudo.

    Dezembro 19, 2009 às 23:39

  9. Vicente!

    à medida em que leio seus fantásticos poemas, mais absorve minha alma, a essência da existência.

    Perfeito o tudo e o nada ao se fundirem num todo.

    Perfeito o permanente e mutável estado em nossa existência!

    Excelente!

    Parabéns!

    Beijos, poeta!

    Mirze

    Maio 31, 2010 às 16:08

  10. ‘Somos mais espaço que matéria
    Somos mais silêncio que palavras’

    O Tempo é uma ilusão necessária ao nosso bem estar.

    Gosto desses poemas seus que instigam a mente.

    Abraço.

    PAZ e LUZ

    Junho 1, 2010 às 02:11

  11. alice

    só a mudança é permanente! gosto muito desta citação, vicente. beijinho.

    Junho 2, 2010 às 20:30

  12. Graça Pires

    Tudo tem o seu próprio tempo. Tudo nos transcende. Um excelente poema, o seu.
    Um beijo.

    Junho 3, 2010 às 13:30

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s