Desnudez

The Shell, originally uploaded by G a r r y.

 

no embalo da voz interior,
a desnudez das palavras.

no dardejar do manto verde,
brisas azuis em lágrimas.

a luz em sombra submerge o moldar do abraço recíproco.
nesse poente,
nuvens de cardos ruborizados e papoilas púrpuras
soltam as flechas douradas do amor.

sim!
no embalo da voz interior,
a desnudez das palavras.

onde o toque aprofunda o sentir,
fazendo-nos na indelével cor do tempo.

tudo o que se vive é sempre o momento.

em entrega,
ao mar em sentimento!

13 responses

  1. … as palavras se desnudam em silêncio… e depois se oferecem aos poetas…

    Agosto 28, 2009 às 00:38

  2. Belíssimo, as usual!

    Acredito que é esse o lugar onde as palavras se desnudam sem pudor, sem acanhamento, mas nos encantam pois quem as repete é a voz interior.

    Como na bela foto, a palavra sai da concha e se desnuda!

    Bravíssimo!

    Beijos

    Mirse

    Agosto 28, 2009 às 21:18

  3. Élio Fidalgo

    Caro POETA,

    há quem consiga desnudar as palavras e relevar o sentir aos outros.

    Agradeço a revelação.

    EF

    Agosto 29, 2009 às 23:23

  4. Quando as palavras se desnudam

    ficamos nós

    a orientá-las

    ou a deixar que elas

    nos orientem

    Agosto 31, 2009 às 15:43

  5. ~pi

    tudo é agora

    agora

    [ da-shell-a-shall,

    beijo

    ~

    Setembro 1, 2009 às 13:56

  6. um beijo
    na desnudez da palavra

    Setembro 2, 2009 às 01:06

  7. Procurar viver o momento presente, é o maior presente que podemos dar a nós próprios. Desnudando-nos das palavras que assolam a nossa mente e não só a nossa boca… desnudando-nos de conceitos pré concebidos… desnudando-nos de emoções passadas…

    Serenos sorrisos

    Setembro 3, 2009 às 10:28

  8. Um poente. A luz em sombra na desnudez das palavras para dizer: sentimento.
    Belo!
    Um beijo.

    Setembro 3, 2009 às 11:58

  9. “no embalo da voz interior,
    a desnudez das palavras”.

    Lindo poema, meu amigo.
    Muito apreciei.

    Um abraço,
    H.F.

    Setembro 6, 2009 às 20:20

  10. Vida

    Estou encantada com esta página
    agradeço e envio saudações!!
    Gravei alguns trechos e em link.

    Vida Mistica
    Brasil

    Setembro 19, 2009 às 11:07

  11. Maria Ana

    Lindíssimo, mto obrigada.

    Maria Ana

    Novembro 6, 2010 às 15:53

  12. Maria Antónia Moreira Anacleto Pereira Leite

    “…tudo o que se vive é sempre o momento.
    em entrega,
    ao mar em sentimento!”
    Lindíssimo. Na desnudez das palavras… Beijos

    Novembro 6, 2010 às 17:40

  13. Regina

    Gosto muito.
    Obrigada Vicente.
    Bom fim de semana.

    Novembro 6, 2010 às 23:56

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s