Aspiração

Pawnee Celestial Pondering, originally uploaded by Fort Photo.

 

“Ser Homem é tender a ser Deus”
                                                                        Jean-Paul Sartre

Só quem foi mortal
poderá ser mais.
Mas tal possibilidade
é impraticável na mesma viagem.

Apenas pelo ritual
                                     da passagem
a transcendência acontece.

Sempre em tempos diferentes.
Sempre na esperança de recordar.

Tudo pelo desejo de ser
                                             livre.
Ilimitadamente
                                Livre.

 

in Metafísica [Poética]

11 responses

  1. (…)”ilimitadamente livre”(…)

    “Neófito! Não há morte!”F.P.

    Poema XI

    Porque me deste a Veste
    De saber que existo,
    Este exílio, esta peste,
    Este martírio de Christo?!…

    De conhecer a Verdade,
    Duplamente existida,
    A que me vive em Saudade
    E a que, em literatura, é vida?!…

    ana soares, het. de mariah

    P.S.Morte é iniciação…

    Junho 1, 2009 às 20:31

  2. deixar de ser vida-energia e tornar-se vida-consciência…

    PAZ e LUZ

    Junho 2, 2009 às 04:40

  3. Tmarat

    a transcedência só é possível face ao reconhecimento das limitações e imperfeições.
    daí a importãncia de se haver sido ou ser, humano.
    bj
    Luz e paz

    Junho 2, 2009 às 17:39

  4. sempre na [vã] esperança de recordar

    Adoro o tema!
    Parabéns pelos bonitos versos!

    Junho 2, 2009 às 22:04

  5. ilimitadamente livre, só numa outra dimensão.
    beijos

    Junho 2, 2009 às 23:17

  6. ~pi

    ilimitada

    expande-se a alma

    passamos

    breves de

    um corpo

    à sua ausência

    ou à sua contínua

    presença, ?

    beijo

    ~

    Junho 2, 2009 às 23:28

  7. oceanus

    “…ser…”

    verdadeira (in)temporalidade na existência

    quem poderá ser, quem já foi e ainda é?


    apenas quem caminha

    “…Ilimitadamente Livre.”

    Junho 3, 2009 às 01:27

  8. Aqui vê-se Sartre sem qualquer dúvida.

    Este Metafísica [Poética] é qualquer coisa de excepcional.

    Paulo

    Junho 4, 2009 às 19:06

  9. “Tudo pelo desejo de ser livre”

    Esta passagem do poema transcende às imagens homem versus Deus!

    Perfeito poema!

    Parabens, poeta Vicente!

    Paz

    Beijos

    Mirse

    Junho 4, 2009 às 19:27

  10. Belo poema, Vicente. E corajoso, por tratar de transcendência neste mundo em que vivemos.
    Um grande abraço.

    Junho 4, 2009 às 23:45

  11. Gostei imenso do seu espaço, da sua luz!
    Obrigada pelo comentário na minha “Janela”.

    Um abraço, Gisela Rosa

    (Vou procurar “A metafísica poética”)

    Junho 7, 2009 às 18:46

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s