Luz ?


Idéias isoladas, originally uploaded by dpadua.

 

A faísca aprisionada
brilha na lâmpada da ilusão perene.
Resignada,
existe ao sabor do interceptor
numa amplitude cristalizada.

O artificial fê-la,
o fortuito suporta-a.

Queima a carne e alimenta o espírito.
Não o seu. Mas, talvez também.

Monopólios?
Só partículas e estilhaços.

Nunca em liberdade.

7 responses

  1. A luz terrena.

    Maio 4, 2009 às 12:14

  2. A luz da “ilusão perene”. É melhor procurar a cintilação das estrelas para preservar a liberdade.
    Um abraço, amigo.

    Maio 4, 2009 às 16:10

  3. “O artificial fê-la,
    o fortuito suporta-a.”

    Não há dúvida que a luz artificial tem as suas coisas boas, mas não é livre.

    Uma imagem de reflexão.

    Maio 4, 2009 às 23:20

  4. luz aprisionada. a verdadeira luz será sempre livre. intocável.
    beijos

    Maio 5, 2009 às 15:01

  5. feliz metáfora – em liberdade(?)

    .
    um beijo

    Maio 6, 2009 às 14:24

  6. A resignação da luz através da faísca aprisionada!

    Genialidade, Vicente!

    Muito bom! Perfeito!

    Beijos

    Mirse

    Junho 4, 2009 às 19:40

  7. o inatingível torna-se mais bonito depois de te ter conhecido, vicente. um beijo.

    Julho 19, 2009 às 11:55

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s