Foi com o Homem

 

Foi com o Homem que aprendi
a respeitar a vida,
a cumprir a palavra
e a cuidar do mundo.

E porque não faz o que diz,
foi com o homem que me desiludi.

 

in Letras, Palavras e Linhas: gestos pela diferença

4 responses

  1. Tristemente verdadeiro…
    Temos que mudar isso. Está na hora de recomeçar. Vem aí um novo ano, ainda por “escrever”.

    FELIZ E PRÓSPERO ANO 2009!

    Com boa música nos corações!

    Abraço
    Fenix

    Dezembro 31, 2008 às 11:35

  2. Este poema lembra-me Miguel Torga.

    Muito bem conseguido.
    Parabéns!

    Vasco

    Janeiro 3, 2009 às 23:50

  3. RM

    As desilusões são grandes.
    Mas a fé no melhor do homem deve ser renovada.

    Janeiro 28, 2009 às 22:38

  4. “olha para o que eu digo, não olhes para o que faço”

    Basta ver os nosso políticos

    Abril 20, 2009 às 21:35

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s