Fotografias

Ao ver-te,
tão serena,
naquela fotografia
fiquei,
desprotegido,
desesperado.

Foi inesperado!
O que estava encerrado
foi desenterrado.
Outra vez recordei
tudo aquilo que, por ti,
sempre senti.

Sosseguei!
Ter-te,
é algo que nunca alcançarei.
Eu sei!
Mas sou agradecido
pela magia
desta sensação:
És uma fotografia,
viva,
no meu coração.

in √81 = IX ?

4 responses

  1. uma imagem de palavras que reside dentro. gostei tanto deste texto.

    Julho 31, 2008 às 16:29

  2. ladrilhador de cedofeita

    hum…
    De quem estarás tu a falar?
    hum…
    todos aqueles “……rado”,
    será presente ou será passado?
    hum…

    Julho 31, 2008 às 19:48

  3. A fotografia do amor…

    Serenos sorrisos

    Agosto 1, 2008 às 00:43

  4. Uma fotografia , um papel , um pedaço de vida e de sentimentos.
    Beijito🙂

    Agosto 1, 2008 às 11:32

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s