Lugares Comuns (para João Luís Barreto Guimarães)

Soubesse Eu,
antes
ou mesmo depois,
que os versos
são ventos que sopram
para o Ser.

E nunca serão truísmos,
os lugares comuns.

in Odes e Homenagens

One response

  1. Que especial!!!
    grata por compartilhar tanta sensibilidade

    sopros são também abraços ao ar!

    Setembro 20, 2009 às 08:22

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s