Meditação sobre a liberdade (IV)

.

A liberdade é uma dádiva que revela numa singularidade dual.

Dádiva, porque é algo que emerge da relação com o Outro.

Singularidade dual, porque, para além de ser uma aspiração intrínseca, é algo que deve ser diariamente conquistado.

Advertisements

One response

  1. Míriam

    tão bem expresso !!!!

    Abril 3, 2017 às 07:38

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s